Artigo escrito

  • em 09.11.2009
  • às 05:27 PM
  • por sebraerj

Cálculo do preço de venda 209

nov9

Seja por aversão aos números, seja pelo temor da matemática ou por falta de métodos, mais uma vez comprovo a dificuldade dos empresários com a formação de preços de seus produtos ou serviços e com os controles de custos. Tanto aqui no “Ágil + Frágil” como em minhas palestras, há muita manifestação de dúvidas. Na palestra que ministrei esta semana para um grupo grande de empresários tive que explicar casos específicos levantados pelos presentes. Por isso, apresento um método geral, entre muitos, mas que pode ajudar a todos que ainda demonstram insegurança e dúvidas na formação de seus preços. Mas para não ser muito extenso nas explicações, solicito aos leitores que consultem outros artigos deste tema aqui no blog, para completar os conceitos.

Parte 1: Custos e Despesas.

Os Custos Variáveis (custo direto do produto + as despesas comerciais) podem e devem ser apurados para cada produto e para cada serviço. Veja explicações em outros artigos neste blog. Mas, as Despesas Fixas só podem ser apuradas ou estimadas para toda a empresa e em um período de tempo, por exemplo, em um mês. Desse fato resulta a questão: quanto de Despesa Fixa pode ser colocado em cada produto ou serviço? Um método geral que proponho é pelo caminho do rateio, não é único, mas muito válido.

Divida o valor das Despesas Fixas mensais ( melhor se for média mensal de 12 meses), pelo total mensal das vendas (estimativa ou valor real). Multiplique o resultado por 100. Pronto, o resultado será a relação percentual das Despesas Fixas com as vendas mensais. Insto é: o quanto que cada real (R$) das vendas contribui ou precisa contribuir para cobrir as Despesas Fixas.

Exemplo: Despesas Fixas = R$12.000,00, Vendas = R$60.000,00. Portanto 12.000,00 / 60.000,00 x 100 = 20%

Parte 2: Margem de Lucro

Toda empresa deve definir quanto de margem deseja ou precisa ter na venda de cada produto ou serviço para valer a pena manter o negócio. Não significa que conseguirá. Mas também pode ser que consiga mais. Mas é necessário definir a margem mínima com a qual valha a pena manter o negócio. Suponhamos 10%.

Parte 3: O cálculo.

Para o cálculo, devemos exemplificar um produto:

Produto “A”:

Custo de aquisição (custo direto) = R$10,00 a unidade;

Despesas comerciais: Imposto SIMPLES Nacional: 8,28%

Rateio de Despesas Fixas: 20%

Margem de Lucro desejada: 10%

A soma de tudo resultará no Preço de Venda Mínimo aceitável. Preço de Venda Mínimo aceitável = 10 + 8,28% + 20% + 10%.

Como realizar esta soma? Melhor é transformar em equação. Considere que o preço de venda (PV) corresponda a 100% do que queremos encontrar.

100%PV = 10 + 8,28%PV + 20%PV + 10%PV;

100%PV = 10 + 38,28%PV;

100%PV – 38,28%PV = 10; Então: 61,72%PV = 10;

PV= 10 / 61,72% ou PV= 10 / 0,6172;

Portanto PV= 16,20.

Conclusão: Cada unidade do produto “A” deve ser vendida por um preço não inferior a R$16,20. Mas confira em outros artigos e discussões aqui no “Ágil + Frágil” aspectos importantes sobre custos e preços de venda.
________________________________
Antonio Carlos de Matos é administrador de empresas, professor, palestrante e consultor em gestão empresarial. Visite o site do autor em http://acdematos.wordpress.com/

Este texto é de responsabilidade do seu autor não refletindo, necessariamente, a opinião do Sebrae/RJ

Acompanhe os comentários via RSS

Existem 209 comentários para este assunto

  1. David Helmbrecht disse:

    I wish to show some thanks to this writer for bailing me out of such a matter. Just after scouting throughout the search engines and finding basics which were not pleasant, I believed my life was well over. Living devoid of the answers to the difficulties you have solved as a result of your good posting is a serious case, and those that would have in a wrong way affected my entire career if I hadn’t encountered your website. Your personal mastery and kindness in playing with almost everything was useful. I am not sure what I would have done if I hadn’t come upon such a thing like this. I’m able to now look forward to my future. Thanks for your time very much for the impressive and sensible help. I will not think twice to suggest your web page to anybody who requires direction about this matter.

    http://www.aHFqAlrH79.com/aHFqAlrH79

  2. It is appropriate time foddplvn to make some plans for the future and it is time to be happy. I’ve read this put up and if I could I desire to suggest you some fascinating things or suggestions. Perhaps you can write next articles regarding this article. I want to read even more things approximately it!

  3. Aurelio Rhodarmer disse:

    that’s good, thanks for sharing,.. I think this is great blog

    http://www.kWw5MusdKW.com/kWw5MusdKW

  4. Dead pent content, Really enjoyed looking through.

  5. Real fantastic information can be found on website . “The only thing you take with you when you’re gone is what you leave behind.” by John Allston.

  6. Hi my friend! I want to say that this pfofollsncc post is awesome, nice written and include approximately all important infos. I would like to see more posts like this.

  7. Sklep buty dc disse:

    Wow! This could be one particular of the most beneficial blogs We’ve ever arrive across on this subject. Actually Great. I am also a specialist in this topic so I can understand your effort.

  8. My brother recommended tyidosnns I might like this blog. He was entirely right. This post actually made my day. You can not imagine simply how much time I had spent for this information! Thanks!

Por favor, sinta-se livre para comentar

* campos obrigatórios

Assuntos mais buscados

Administração de recursos humanos Administração do tempo Atendimento ao cliente Capital de giro Comércio eletrônico Comércio eletrônico para micro e pequens empresas Crédito Custos Empreendedor individual Empreendedorismo Estratégia Faturamento Finanças Franquia Gestão de estoques Gestão de pessoas Gestão do conhecimento Gestão empresarial Informática Inovação Internet Legislação trabalhista Lucro Mão de obra Marketing Meio ambiente e sustentabilidade Mercado Negociação Pesquisa de mercado Planejamento Plano de negócios Podcast Precificação Produtividade Propaganda Publicidade Qualidade Responsabilidade Social Tecnologia Tendência Tratamento tributário Tributos Vídeo Varejo Vendas